segunda-feira, dezembro 12, 2005

E se fosse um pobre?

Vou relatar outra situação que não afectando tantas pessoas mostra como funciona as coisas na maior parte das entidades públicas.

No encontro da Rua do Outeiro e da Rua de Lantemil com a Rua das Indútrias, vulgo N14, foi feita a instalação de um tubo para águas pluviais que vêm de uma casa que está a ser construida e que atravessa essas duas ruas para ir desaguar no ribeiro.

O problema não foi fazer esta obra, que é necessária, apenas para essa pessoa pois penso que que terá sido paga por ele mesmo, mas sim pelos factos que passo a relatar.

No primeiro dia de obras, estava eu a sair para o trabalho, já se encontrava uma máquina de escavações a tapar as duas ruas. Quando cheguei perto e pedi para arrumarem-se um pouco disseram-me para ir "à volta"! Ora bem, só quem conhece o "à volta" é que fala assim e não sabe que não é qualquer carro que lá passa pois, imagine-se lá, outra pessoa importante não dá 2 metros quadrados de terreno para transformar o caminho de monte em estrada aonde um carro passe. Mas não vou alongar-me mais nisto pois é material para outra mensagem.
Depois de muita insistência minha lá mexeram a máquina. Quando voltei do meu emprego já estava os tubos enterrados e as caixas de esgoto quase prontas. Até aqui tudo bem, não acham?

O problema é que já vamos na 3ª semana e a rua continua esburacada e em terra, tal como as fotos retratam. A minha sorte e a dos meus vizinhos foi não ter chovido porque senão ficávamos com um lamaçal à porta.

Agora pergunto, acham bem que lá que uma pessoa tenha mais dinheiro, e logo influência, que o resto da população possa fazer o que lhe apeteça? Gostava de ver um pobretanas fazer uma coisa semelhante a ver se a junta e/ou a câmara não punha logo os fiscais a bater-lhe à porta.

Rua de Lantemil:

Rua do Outeiro:

Data de inicio: 28/11/2005

3 comentários:

JC disse...

É a técnica deste país do Eu QUERO, Eu POSSO, Eu MANDO!!!

Anónimo disse...

Provavelmente estarão à espera de algum despacho do vereador em causa, ou o sr. Presidente ainda não aprovou a despesa e a menina que trás as facturas ainda está na outra repartiçaõ a despachar os pedidos... enfim burocracias! :)
Mas já agora uma pergunta... aquela tampa vai ficar daquela altura? Ou será aquilo um pedestal?

JR

Reise disse...

E já que estou a falar sobre esta obra vou aproveitar para falar sobre os muros de vedação! Só preciso de tirar uma foto ao muro com alguma coisa a servir de referência.